sábado, 15 de março de 2014

Daquelas

Aquelas coisas que quando se vive até parece que nunca viveu antes. Mas já.

Aquelas outras que a gente precisa viver pra entender. Mas só depois.

E aquelas que a gente nunca viveu e entende mesmo assim. Ou acredita que sim, mas que não.

Tantas outras sem entender e sem querer entender.. Das infinitas realidades, oportunidades, possibilidades, alternativas.

Caminhar é um bom meio de correr atrás de tudo que já se perdeu.
Tentar correr antes de aprender a caminhar corre-se o risco de levar um bom dum capote.

Ter vergonha de caminhar não é muito sábio, nem menos comum.

Aprendemos coisas erradas para as coisas certas, perdemos muito, aproveitamos pouco. Vive-se para reaprender, achar-se, encontrar meios que nos são comuns, o prazer da satisfação, mesmo que momentânea.

Viver torna-se mais que respirar quando se aprende a experienciar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário