quinta-feira, 13 de junho de 2013

Pesar do belo

Havia dito que achava a tristeza dela bonita.
Que a vestia bem naquele dia, naquela postura de corpo..
E assim a conquistou o interesse primeiro...
De querer descobrir o que mais tinha de bela pelos olhos dele.

Passaram-se meses, de tardes, noites e manhãs juntos.
Apenas conversas, horas de almoço ou janta,
intervalos de aulas, ensaios abertos de pesquisas suas..

Um dia a beleza secou a fonte.
A tristeza já não cabia mais dentro dela
Tomou-lhe seu lugar a alegria...

Talvez por isso ele deixou de olhar pra ela.. como outrora olhava..
Agora os olhos dele são de outra..
Talvez esta sim tenha aquele antigo pesar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário