domingo, 1 de abril de 2012

Fringe

tumblr alheio


Porque assistir esse seriado me consola um bocado.

Pensar que em algum universo paralelo meus amores deram certo.

Que em algum deles eu vivo com o meu último e ainda tão atual amor em sentires.
Vivendo com ele feliz, talvez morando perto, junto, namore e estamos bem.

Que tudo que sonhamos um dia, os sonhos palpáveis, não os exageradamente utópicos e ideais, mas todos os mais ao alcance.. Que deram certo em alguma outra linha de tempo, em algum lugar estou com ele, caminhando de mãos dadas, cantando, tocando qualquer canção já batida, nossa. Suspirando de amores por ter sido e continuar sendo o amor da minha vida.

Eu sei, ideia boba essa, não é mesmo? Mas quem disse que amor não nos dá asas? E que o fim dele tem que ser depressivamente triste? Sonhar ainda me alimenta a alma. Acreditar nas coisas possíveis na imaginação talvez ajude a caber na vida o que não pudemos realizar..

Nenhum comentário:

Postar um comentário