quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Clean

Imagem: não lembro de onde a retirei



Engraçado ver a motivação da gente, as vezes.

Nos empolgamos a fazer nossas coisas quando é para mostrar para os outros, quando é parar acomodar o outro, receber o outro.

Para nós está bem, está bom como está. Está suportável. Porque bom nunca está. Mas para nos melhor acomodar nada de mover um dedo que seja. A culpa sempre é do tempo, do clima, do humor, da dor, da preguiça, nunca nossa.

Minha casa, em 15 minutos arrumei ela inteira, passei pano, limpei o pé em cima da geladeira que estava pra lá de empoeirada e fazia dias adiando, quase um mês para limpá-la...

As coisas estão no lugar.

A mesa está limpa, a cama está arrumada.

Mas é pelo menos um início. Ter essa motivação.

As flores já estão postas, essas foram para mim mesma, para minha auto-motivação. Cores vivas, coloridas, desabrocham, explodem em alegria que não cabe mais dentro delas, me escancaram o que há de mais belo nelas, se exibem, se despem em beleza e alegria, depois murcham, como quem deu tudo de si, mas fizeram a sua parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário